- cejb

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Roma
Divaldo Pereira Franco
Médium e Conferencista
Em nossa atual viagem de divulgação do Espiritismo na Europa, iniciada a 9 do corrente, foi-nos proporcionada a oportunidade de enunciar conferências em Paris, Dublin, Londres, Bruxelas, Luxemburgo, Mannheim, Stuttgart, Frankfurt, Haya, Estocolmo, Copenhague, Berlim, Bad Honnef, Colônia e agora estamos em Roma…
ANO NOVO E AS ESPERANÇAS QUE SE RENOVAM
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Para muitos, o Ano Novo é sinônimo de novas esperanças e momentos especiais de mudanças, sejam estas suaves ou radicais na vida daqueles que estão aguardando por um momento decisivo e marcante, como é o final do ano.
AOS QUE PARTIRAM
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Respeitar os que partiram deste mundo, é o tributo que devemos aos nossos irmãos que nos antecederam, nessa longa e especial viagem de volta à morada eterna do Espírito.
Os chamados mortos, como se costuma dizer daqueles que deixaram de viver na Terra, na verdade não foram extintos; estão sim, em outra dimensão desse Universo infinito mais vivos do que nunca, embora naturalmente sujeitos às normas que regem o convívio dos seres que vivem em grupos, comunidades, sociedades, etc....
SEGUE-ME!
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Ainda encontramos, caminhando conosco, pessoas que não compreendem as passagens do Evangelho e relutam, indecisas, em acompanhar Jesus. O entendimento é que esses fatos narrados pertencem apenas a essa época recuada em que Jesus esteve presente fisicamente na Terra.
AVERSÕES RENASCENTES
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Junho 2017
Não é raro constatarmos lares em desequilíbrio. As desavenças existentes, bem sabemos, são todas provenientes dos fluidos incompatíveis, os quais, se não forem convenientemente compreendidos e equilibrados, o ambiente em que se expressam se tornará um verdadeiro inferno.
Por ocasião da reencarnação, todos nós trazemos conosco deveres e obrigações junto das pessoas que deveremos atravessar o curso da existência, seja na condição, de esposo, esposa, filhos ou pais.
160 ANOS ILUMINANDO MENTES E FORTALECENDO ESPÍRITOS
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
A Dutrina Espírita, cuja fecunda luz de seu conteúdo filosófico, científico e religioso aos olhos do mundo em 18 de Abril de 1857, está na iminência de ver reconhecido mais um de seus postulados pela comunidade científica. "Não há mais milagres - dizia o Codificador convicto, em seu limiar: - Assistimos à aurora de uma ciência desconhecida."
OS MATIZES DO VERDE
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Pela experiência que a vida nos oferece, o verde é a cor que mais variedades se nos apresenta aos olhos. Basta notar exuberante mata em posição que faculte ampla visualização e teremos ali um extenso e belo tapete verde, mas de nuanças das mais diferentes tonalidades, sem que deixe, por isso, de pertencer à cor verde, a cor da confiança, a cor da esperança.
PORPHÍRIO, O "Ceguinho do Catete"
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Este é um episódio atípico, mas verdadeiro, que pode acontecer com qualquer pessoa e de qualquer religião. A mediunidade não é prerrogativa do Espiritismo, mas o Espiritismo está em condições não só de detectar o dom, como a modalidade, além de conhecer o grau de interação entre os planos e o seu desenvolvimento prático.
ERA UMA VEZ...
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Sim, era uma vez, no longínquo ano de 1853, no primeiro dia do mês de fevereiro, na cidade de Resende, ao Sul do estado do Rio de Janeiro, às margens do rio Paraíba do Sul e aos pés da Serra da Mantiqueira, chegava ao mundo, no lar do casal Antônio e Teresa, uma menininha que seria, num futuro não muito distante, o bálsamo e o braço acolhedor e protetor estendido a milhares de corações pequeninos e desabrigados do amparo fraterno do lar.
EXAMINEMOS A NÓS MESMOS
(Do livro OPINIÃO ESPÍRITA - Emmanuel e André Luiz - psicografia de Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira)

O dever do espírita-cristão é tornar-se progressivamente melhor.
Útil, assim, verificar, de quando em quando, com rigoroso exame pessoal, a nossa verdadeira situação íntima.
Espírita que não progride durante três anos sucessivos permanece estacionário.
Testa a paciência própria: - Estás mais calmo, afável e compreensivo?
Inquire as tuas relações na experiência doméstica: - Conquistaste mais alto clima de paz dentro de casa?
UMA TRAGÉDIA EM FAMÍLIA
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Na esteira do tempo os acontecimentos se perdem na cronologia em que foram anotados, ferindo e marcando corações com a nódoa do sentimento.
A Grande Lei reserva para cada um, desfechos que, muitas vezes, surpreendem e chocam até os mais experientes caminheiros deste mundo, acostumados a participar do atendimento de graves ocorrências e situações envolvendo familiares.
LIÇÃO NO APÓLOGO
(André Luiz - Vozes do Grande Além de Chico - Rádio Cidade - Janeiro 2016)

Na noite de 26 de janeiro de 1956, a reunião mediúnica que Chico Xavier participava na cidade mineira de Pedro Leopoldo foi agraciada com a visita do amigo espiritual André Luiz, que ofereceu à meditação, a página simples e expressiva que ele próprio intitulou como "Lição no apólogo", e recebida pelo próprio Chico, numa referência ao encerramento dos trabalhos daquela noite e também numa alusão ao desfecho da vida de cada um. 'Lição no apólogo'
MARIA, A NOSSA SENHORA
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Obras literárias maiores trazem poemas e relatos sobre Maria, considerada como Mãe das mães, Mãe Santíssima, enaltecendo sua peregrina passagem pelo chão do planeta desde os tempos da fuga para o Egito, na África.
Não vemos, contudo, com a frequência que deveria, qualquer tipo de manifestação de sentimento voltado para a Senhora dos Anjos, como também é lembrada a virtuosa Maria, a que foi, na Terra, a responsável por receber Jesus quando aqui encarnou, há dois mil anos.
ALÉM DA MORTE
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Os Espíritos não vacilam quando se referem às mudanças de um plano a outro, através da morte. Contudo, há os que ainda acreditam na transformação, nesse instante especial dos que passam para o outro lado, em figura angelical; em anjo, na verdade.
Essa é a mudança esperada, a mudança que gostariam que acontecesse e que fica no coração daqueles que sentem a partida do ente querido, considerando-o, sempre, como figura benfazeja, bondosa, de sentimento generoso, merecedor do maior respeito.
O MENDIGO E O REI
Posições
Irmão X - Cézar Carneiro de Souza - Uberaba - MG
Há longo, longo tempo, compareceram no Tribunal Divino dois homens recém-chegados da Terra.
Um trazia o sinal da muleta em que se apoiara.
O outro mostrava as marcas da coroa que lhe havia adornado a cabeça.
Fariam prova de humildade para voltarem ao mundo ou seguirem além...
Postos, um a um, na balança, o primeiro acusou enorme peso. Era ainda presa fácil de lutas inferiores, parecendo balão cativo.
O segundo, no entanto, revelava grande leveza. Poderia viajar em demanda dos cimos.
DEFINIÇÃO
Vladimir Polízio
e-mail: polizio@terra.com.br
Francisco Cândido Xavier deixou a Terra aos 92 anos de vida física. Uma de suas incontáveis contribuições à Humanidade foi receber, registrar e transmitir a todos, as mensagens que lhe chegaram ao longo desse tempo.
Esta, pertence a Leopoldo Fróes, que retornou ao mundo dos espíritos em 1932, na Suíça. Foi uma glória do teatro brasileiro a pessoa de Leopoldo Fróes. Ator e empresário, montou várias peças suas e de outros autores. Foi o primeiro presidente da Casa dos Artistas, instituição que ajudou a fundar.
 
Copyright 2015. All rights reserved.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal